Monitorar o Tráfego do Site na internet e as visualizações das páginas é essencial para você ter uma ideia do que está funcionando, e o que precisa da sua atenção, para aumentar o tráfego no seu site.

Com tantas empresas confiando em seus sites para fazer vendas e envolver os clientes, é essencial entender quantas pessoas visitam o seu site e o que estão fazendo quando chegam lá.

Você pode identificar tendências, como quando os usuários são mais ativos e com quais conteúdos eles mais se envolvem, que ajudam você a entender melhor os hábitos digitais de seus consumidores.

Existem muitos programas para monitorar, medir e analisar a atividade do site, e às vezes é difícil saber quais tentar.

Abaixo 12 ferramentas para medir tráfego do site e métodos favoritos utilizado por profissionais da área.

1 – Google Analytics

Embora existam muitas ferramentas disponíveis para monitorar o tráfego da Web, o Google Analytics é gratuito e abrangente. No entanto, embora adicionar um código de acompanhamento padrão do Google Analytics e revisar as métricas básicas de tráfego seja um bom começo, o verdadeiro poder do Google Analytics é liberado quando os eventos são adicionados a todos os links, botões e ações em uma página da web.

google-analytics
É preciso de várias análises para o trafego do site ficar “bacana”

2 – Ahrefs

O Ahrefs é nossa ferramenta para monitorar tráfego, autoridade de domínio e palavras-chave. Podemos ver quais palavras-chave estão classificando o melhor e identificar oportunidades de melhoria para direcionar mais tráfego para nosso site.

Ele também nos permite ver quais sites estão vinculados a nós para identificar possíveis parceiros de postagem de convidados, aumentar nosso perfil de backlink e direcionar tráfego de referência adicional.

3 – Matomo

Matomo (anteriormente Piwik) é uma alternativa de código aberto e auto-hospedada para o Google Analytics. Por causa dessas qualidades, ele fornece às empresas acesso completo a informações de rastreamento brutas para que qualquer relatório personalizado possa ser gerado.

4 – Clickback.com

Rastreamento de visitantes do site para o seu site é muito importante. Você pode fazer isso por meio do Google Analytics, que é uma ferramenta gratuita e comumente usada, mas ter a capacidade de transformar esses dados em informações valiosas – como descobrir quais empresas estão visitando seu site para que você possa rastreá-las. extremamente útil. Minha plataforma favorita para esse propósito é o clickback.com . – Ruslan Desyatnikov , consultor de controle de qualidade

5 – W3Counter

Existem versões gratuitas e pagas. O gratuito permite rastrear visualizações de 5.000 páginas por dia em 10 sites, enquanto a conta Pro permite que você acompanhe até 1 milhão de visualizações por mês. O visual mostra exatamente o que você preciso saber ao invés de ter que caçar por aí.

6 – Logs do servidor

Ferramentas como o Google Analytics fornecem informações úteis, mas não se esqueça de consultar os registros do servidor em busca de dados que o Google Analytics não exibe. Ataques, tentativas de força bruta e fraude de cliques não são relatados no Google Analytics e podem persistir por anos sem serem detectados, se não forem verificados. Peça ao departamento de TI que use o software de monitoramento de registros para procurar tendências incomuns e picos de tráfego (gratuitos e pagos) para o caso.

Ilustração 2D. Uma chave, como referencia, para o trafego do site
Ilustração 2D. Uma chave, como referencia, para o trafego do site

7 – Seu próprio módulo personalizado de análise

Se você está procurando maior precisão, você mesmo deve criar um módulo de análise. A maioria das ferramentas de análise de terceiros é baseada em javascript e em soluções do lado do cliente. Isso significa que você pode não receber dados de alguns de seus usuários. Eles podem ter o javascript desativado. Eles podem estar usando alguma extensão de bloqueio de anúncios que barram ferramentas de análise também.

8 – Suas interfaces de conversação

A análise da Web anteriormente se concentrava em como os usuários navegavam em uma selva complexa de páginas. Hoje, as interfaces conversacionais suportadas por IA (inteligência artifical) podem transformar as jornadas do usuário em experiências dinâmicas sob demanda.

Essa maior liberdade do usuário para autoatendimento em uma visão consolidada significa que as empresas podem obter insights de análise acionáveis ​​em quais projetos de jornada melhor levam à compra de produtos ou resolução de problemas.

9 – Uma combinação de ferramentas que contam uma história

É muito importante monitorar o tráfego da Web e as visualizações de página de um site da empresa, mas obter um relatório do Google Analytics a cada mês não conta a história toda.

Os profissionais de marketing usarão várias ferramentas (Google Analytics, Ahrefs, Moz Tools, etc.) para acompanhar as análises ao longo do tempo, procurando tendências que contam uma história. Isso os ajuda a tomar medidas decisivas sobre quais mudanças no site precisam ser feitas.

Análise para trafego do site, ilustração
Análise para trafego do site, ilustração 2D

10 – Ferramenta de mapeamento de calor

A representação visual de mapas de calor que mostram onde as pessoas acessam os sites e quanto tempo eles passam lá. Isso nos diz muito mais sobre o que funciona e onde fazer mudanças.

11 – Relatórios de dados ano após ano

Os cálculos do ano são particularmente bons para empresas com picos sazonais. Por exemplo, as vendas de ar condicionado podem atingir o pico no verão e um negócio de varejo pode atingir o pico durante a temporada de férias. A taxa de crescimento YoY (ano após ano) suaviza qualquer volatilidade mensal e ajuda a ver facilmente as tendências de longo prazo.

Você pode descobrir que está se saindo melhor do que no mês passado, mas está realmente abaixo do ano passado.

12 – Qualquer ferramenta que sirva ao seu “porquê” do acompanhamento de dados

O “como” é a parte fácil – o “porquê” é a parte importante.

De ferramentas fáceis e gratuitas, como o Google Analytics, a um acompanhamento de comportamento muito detalhado, como o Lucky Orange, até o rastreamento de jornadas do cliente, as ferramentas estão disponíveis.

É mais valioso primeiro decidir por que rastrear isso e quais decisões os dados conduzirão. Se você conhece o “porquê”, então o “como” se seguirá.

Referência


Publicação

Post criado em 22 de Novembro de 2018
Editado em 12 de Outubro de 2020

Fale com o Professor Sergin

COMPARTILHE COM TODOS

Compartilhar no facebook
No Facebook
Compartilhar no twitter
No Twitter
Compartilhar no linkedin
No Linkdin
Compartilhar no pinterest
No Pinterest
Professor Sergin

Professor Sergin

Complexo como todo ser humano, aprendeu que a maior tecnologia do universo é a consciência.
Sabendo disso tenta se dividir entre os seus 05 filhos, os 3 cachorros, os passarinhos cantando à janela, o tempo que passa pesquisando, lendo, aprendendo "projeciologia" e explicando tecnologia da informação!
UFA!

LINK PARA CONTATOS